Aconteceu!
O PAPEL EDUCADOR DA FAMÍLIA

O PAPEL EDUCADOR DA FAMÍLIA

Por: Marilda Zoboli Bechelli e Renato Bechelli

Sob a ótica do cristianismo os pais são os primeiros responsáveis pela educação de seus filhos, conforme CIC, cân. 2223.

Pela graça do sacramento do matrimônio, os pais receberam a responsabilidade e o privilégio de evangelizar os filhos.

A catequese familiar precede, acompanha e enriquece as outras formas de ensinamento da fé. Os pais tem a missão de ensinar os filhos a orar e a descobrir sua vocação de filhos de Deus.

Os pais devem considerar seus filhos como filhos de Deus e respeitá-los como pessoas humanas. Educar os filhos no cumprimento da Lei de Deus, mostrando-se eles mesmos obedientes à vontade do Pai dos Céus.

A família, os pais, são os primeiros responsáveis pela educação de seus filhos. Devem dar testemunho desta responsabilidade em primeiro lugar pela criação de um lar no qual a ternura, o perdão, o respeito, a fidelidade e o serviço desinteressado são a regra.

É importante os pais exercerem seus papéis com sabedoria e com Deus e ensinarem seus direitos e deveres. Também não adianta os pais falarem, exigirem de seus filhos regras, deveres, se eles mesmos não praticam e não seguem tais regras e deveres.

Na realidade a família forma a pequena Igreja-doméstica, o próprio Cristo quis nascer e crescer no seio da Sagrada Família de José e Maria. A Igreja não é outra coisa senão a “família de Deus”. A família é, assim, a primeira escola de vida cristã e uma escola de enriquecimento humano.

Nunca devemos esquecer que os dois, pai e mãe, educam juntos seus filhos, pois se só um educa o filho, ele anda de muleta.

Como dizia Saint Exupery, autor de ‘O pequeno príncipe´,  “os pais são os arcos e os filhos as flechas”, devemos pois, sempre acertar o alvo.

Hoje o mundo tenta carregar nossos filhos para o prazer momentâneo, para a vida fácil, uma das causas é que hoje nossas famílias estão desestruturadas, os pais negligenciam seus filhos, os filhos não respeitam seus pais.

Os pais deixam a educação de seus filhos nas mãos de terceiros, deixam a educação de seus filhos nas mãos da escola, do Estado, quando a base da família e da educação deveriam ser os ensinamentos de Deus, os pais não tem mais autoridade sobre seus filhos.

Pais, gastem tempo investindo na vida de seus filhos, gastem dinheiro com eles, ensinem aos seus filhos os princípios que protegem a vida, firmem seus filhos sobre a rocha e não haverá ventos, tempestades, que possam ameaçar a educação de seus filhos.

CIC (Catecismo da Igreja Católica)

Deixe um comentÁrio

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Scroll To Top