Aconteceu!
Espiritualidade do “Tempo Comum” na liturgia e na vida

Espiritualidade do “Tempo Comum” na liturgia e na vida

 

“Tempo comum” na liturgia é assim chamado aquele período do ano litúrgico que não celebra nenhum acontecimento “forte” da Vida de Jesus. Pontualmente vai do domingo do batismo de Jesus, até a quarta-feira de Cinzas, e do domingo de Pentecostes até o primeiro domingo do Advento.

É o Espírito nos conduzindo à comunhão da Trindade e à verdade plena, recordando-nos e ensinando-nos tudo o que o Senhor disse e fez.

É um tempo de espiritualidade sacramental. Partimos do Batismo do Senhor e nosso, celebramos a festa do seu Corpo e Sangue, caminhamos com Ele rumo a sua Realeza, no ultimo domingo desse tempo, na solenidade de Jesus Cristo Rei do universo.

Nessa caminhada contamos com a celebração de momentos significativos de sua vida (por exemplo, a transfiguração e a Exaltação da Santa Cruz), temos a presença forte de Maria (Assunção, Natividade e Aparecida, entre outras), bem como a vida dos Santos, seus amigos que nos precederam na caminhada da fé (João Batista, Pedro e Paulo, Apóstolos, Mártires, Todos os Santos…).

A espiritualidade do Tempo Comum se inspira sobretudo nos evangelhos sinóticos (Mt, Mc, Lc) proclamados nesses domingos. Nesse ano de 2015, chamado ano B, acompanhamos o evangelho de Marcos.

Duas perguntas norteiam o Evangelho de Marcos: 1. Quem é Jesus? e 2. Qual o perfil do discípulo que Jesus procura? (Quem é Jesus e quem somos nós!)

Nesse tempo procure acompanhar a Liturgia da Palavra com a leitura diária do Evangelho do dia (uma leitura calma, serena, meditada e rezada) sempre levando em consideração as duas perguntas: 1.Quem é Jesus? 2. Quem sou eu na sequela Dele? .

É o Senhor que por estes e outros sinais passa na minha vida e me chama a viver a minha vocação: a santidade! Não percamos essas oportunidades!

Deixe um comentÁrio

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Scroll To Top