Aconteceu!

Em audiência, Papa se dirige aos Cistercienses: “Vocês são como cenobitas em deserto especial”

Francisco destacou a importância das comunidades monacais

Da redação, com Rádio Vaticano
O Papa Francisco concluiu sua série de audiências na manhã deste sábado, 23, no Vaticano, recebendo, na Sala Clementina, cerca de 230 participantes no Capítulo Geral da Ordem dos Cistercienses de Estreita Observância. E, em seu discurso, destacou a importância das comunidades monacais.

“Vou, com o coração e com a mente, até seus mosteiros, dos quais se elevam as incessantes orações pela Igreja e pelo mundo inteiro. Agradeço ao Senhor pela presença insubstituível das Comunidades monacais, que representam uma riqueza espiritual e uma constante admoestação a buscar ‘as coisas lá do alto’ para viver a realidade terrena na justa medida”, declarou o Pontífice.

Francisco, em sua fala, também destacou reflexão e o intercâmbio de experiências para individuar os objetivos e percursos para viver. “A sua vida contemplativa é caracterizada pela oração assídua, expressão do seu amor a Deus e reflexo de um amor que abrange toda a humanidade. Por isso, exorto-os a dar grande importância à meditação da palavra de Deus, especialmente a ‘lectio divina’, que é fonte de oração e escola de contemplação. Ser contemplativos requer um caminho fiel e perseverante, para tornar-se homens e mulheres de oração”.

Por fim, o Papa ressaltou a maneira austera que os Cistercienses levam suas vidas, “que se concentram no essencial”. Neste sentido, o Santo Padre disse aos Cistercienses que eles “são solitários e separados do mundo para encontrar a intimidade divina”, mas também chamados a compartilhar a experiência espiritual com os irmãos e irmãs, com a contemplação, a liturgia da Igreja e a acolhida dos que buscam silêncio para viver em paz com Deus.

“Encorajo-os a serem testemunhas qualificadas da busca de Deus, escola de oração e de caridade para todos”, afirmou o Santo Padre.

Francisco concluiu seu discurso recordando que “o Capítulo Geral é um a ocasião propícia, para todos os ramos da Ordem Cisterciense, para renovar, em clima de diálogo e de escuta recíproca, a comunhão de intenções sempre à busca da Vontade de Deus.

O post Em audiência, Papa se dirige aos Cistercienses: “Vocês são como cenobitas em deserto especial” apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova

Deixe um comentÁrio

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Scroll To Top
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com