Aconteceu!

Ciúme e inveja são pecados que matam com palavras, diz Papa

Na Missa de hoje, Papa alertou sobre o perigo do ciúme e da inveja, que causam fofocas e, assim, matam com as palavras

Da Redação, com Rádio Vaticano

Papa durante celebração eucarística na Casa Santa Marta / Foto: Reprodução CTV

Papa durante celebração eucarística na Casa Santa Marta / Foto: Reprodução CTV

O Papa Francisco celebrou a Missa na Casa Santa Marta nesta quinta-feira, 21, dia em que a Igreja celebra a memória de Santa Inês, virgem e mártir. Na homilia, alertou sobre o ciúme e a inveja, pecados existentes também nas comunidades cristãs e que usam a língua para matar os outros.

Francisco comentou a Primeira Leitura do dia, que fala do ciúme de Saul em relação a Davi depois da vitória contra os filisteus, chegando a pensar em matá-lo. O ciúme, segundo o Papa, é uma doença que leva à inveja.

“Coisa ruim é a inveja! É um comportamento, um pecado ruim. E no coração o ciúme e a inveja crescem como erva daninha. É um coração atormentado, é um coração ruim! Mas também o coração invejoso leva a matar, leva à morte. E a Escritura o diz claramente: por inveja do diabo entrou o mal no mundo”.

Inveja que mata nas comunidades

A inveja mata, afirmou o Papa, ressaltando que o coração do invejoso e do ciumento sofre. Trata-se de um sofrimento que deseja a morte dos outros. Francisco admitiu que não é preciso ir muito longe nas comunidades cristãs para ver que, por ciúme, se mata com a língua. Quem tem inveja dos outros começa a fofocar e as fofocas matam.

Leia também
.: Papa alerta religiosos de Nápoles sobre “terrorismo das fofocas”
.: Ouvir Jesus, não as novelas e fofocas, pede Papa
.: “Fofocas podem matar. Nada de fofocas”, pede Papa no Angelus
.: Ciúme e incompreensão desmembram a Igreja, diz Papa

“E eu, pensando e refletindo sobre este trecho da Escritura, convido a mim mesmo e a todos a procurar se no meu coração há ciúme, se há inveja, que sempre leva à morte e não me faz feliz. E isso é um pecado ruim! É o início de tanta, tanta criminalidade. Peçamos ao Senhor que nos dê a graça de não abrir o coração ao ciúme, à inveja, porque essas coisas sempre levam à morte”.

Como exemplo, o Papa falou de Jesus, entregue à morte por inveja. “Peçamos ao Senhor a graça de nunca entregar à morte, por inveja, um irmão, uma irmã da paróquia, da comunidade, nem mesmo um vizinho do bairro: cada um tem os seus pecados, cada um tem as suas virtudes. São próprios de cada um. Olhar o bem e não matar com as fofocas por inveja ou por ciúme”.

O post Ciúme e inveja são pecados que matam com palavras, diz Papa apareceu primeiro em Papa.

Fonte: Canção Nova

Deixe um comentÁrio

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Scroll To Top