Aconteceu!

Caritas Internacional relata situação caótica no Nepal

Segundo Caritas Internacional as pessoas estão nas ruas, faltam leitos, remédios e tendas para abrigar as vítimas do terremoto

Da redação com Caritas Internacional

Um forte terremoto de escala 7,9 de magnitude atingiu o Nepal e países vizinhos como Índia, Paquistão e China neste sábado (25) e deixou, até o momento, um saldo de 2.500 mortos e milhares de feridos. O tremor foi sentido às 13 horas local (3h11 de Brasília) e durou de 30 segundos a 2 minutos, o suficiente para deixar o caos nas principais cidades do pais, entre elas a capital Katmandu, que sofre com falta de leitos nos hospitais e tendas para socorrer as vítimas.

Segundo a Caritas Internacional, o dano estrutural em toda a cidade é extensa. Além de casas e prédios inteiros que foram ao chão, a rede elétrica e de comunicação também estão danificadas, o que dificulta o trabalho das equipes de resgate que lutam contra o tempo e as baixas temperaturas do local.

Tendas armadas pela Caritas Internacional

Tendas armadas pela Caritas Internacional em Katmandu – Nepal /Foto: Caritas Internacional

“O Resgate é ainda a principal prioridade no momento. Muitas pessoas perderam suas casas e estão nas ruas ou em espaços abertos enfrentando uma temperatura de 11 e 15 graus durante a noite, por isso vamos estar a olhando para estas pessoas e procurar fornecer-lhes comida e abrigo temporário “, disse o diretor da Caritas Nepal, padre Pio Perumana, a partir de Katmandu.

A Caritas Internacional e as agências de ajuda humanitária da Igreja Católica estão trabalhando para enviar equipes e mantimentos para os desabrigados. A Caritas Austrália e Caritas Índia já enviaram reforços e estão coordenando os trabalhos de ajuda no Nepal.

Segundo Lilian Chan, assessora de comunicação da Caritas em Katmandu, a situação é extremamente difícil porque ainda não se sabe a real extensão dos estragos em todo o país. “No momento, não temos uma visão clara sobre o que aconteceu em todos os lugares, mas nós sabemos que há muita coisa acontecendo. Existem algumas equipes de resgate em curso em algumas partes do país, mas não é suficiente. Além disso, as pessoas estão com fome; eles não têm nenhum lugar para dormir, e não há lugar para se viver. As estradas também estão bloqueadas. Então, esses são os principais desafios no momento para resolver”

A Caritas Internacional pede ajuda financeira através do site da Caritas Austrália. Você pode ajudar clicando em ‘Cáritas Austrália’

Papa Francisco reza pelas vítimas

Durante a tradicional oração do Ângelus, o papa Francisco lembrou do terremoto que atingiu o Nepal e países vizinhos e pediu solidariedade ao povo nepalês.

“Rezo pelas vítimas, para os feridos e para todos aqueles que sofrem por causa desta calamidade. Que tenham o apoio da solidariedade fraterna e rezemos a Nossa Senhora para que lhes esteja próximos”.

Novos tremores

Depois do tremor de 7,9 que atingiu o país no sábado 925) a população voltou pânico depois de um novo abalo de 6,7 graus neste domingo (26). Com medo de novos tremores de terra a população deixou as casas e passou a dormir nas ruas. Turistas que visitam o país que vive época de alta temporada também tentam deixar o Nepal a todo custo. O Monte Everest, o mais alto do mundo, sofreu várias avalanches depois dos terremotos, uma delas atingiu o acampamento principal dos escaladores do monte, sendo confirmado pelas autoridades até agora o número de 18 pessoas mortas na região.

Epicentro do terremoto / arte: Daniel Machado

Epicentro do terremoto / arte: Daniel Machado

Fonte: Canção Nova

Deixe um comentÁrio

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Scroll To Top
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com