Aconteceu!

Anjo da Guarda é um embaixador de Deus, diz Papa

Papa Francisco celebrou, na manhã de hoje, festa dos Santos Anjos da Guarda

Da redação, com Rádio Vaticano

Papa Francisco na Missa de hoje, Festa dos Santos Anjos da Guarda./ Foto: L'Osservatore Romano.

Papa Francisco na Missa de hoje, Festa dos Santos Anjos da Guarda./ Foto: L’Osservatore Romano.

O Papa Francisco celebrou a Santa Missa da festa dos Santos Anjos da Guarda, na manhã desta sexta-feira, 2, na Capela da Casa Santa Marta, no Vaticano.

Em sua homilia, o Santo Padre afirmou que “Deus deu a cada pessoa um Anjo da Guarda, para acompanhá-la, aconselhá-la e protegê-la. Trata-se de um dom da paternidade divina, que tudo ama e tudo acompanha”.

Tomando a liturgia do dia, o Pontífice citou orações e salmos que recordam a figura do Anjo da Guarda, que sempre está presente em todas as vicissitudes do homem, ele ainda reafirmou que cada um de nós tem um Anjo: “Ele está sempre conosco! Essa é uma realidade. Ele é como um embaixador de Deus em meio a nós. Por isso, o Senhor nos aconselha a respeitarmos a presença do anjo, a ouvirmos sua voz e seus conselhos e a jamais nos rebelarmos contra ele”.

O Santo Padre lembrou que o Anjo da Guarda nos defende sempre, sobretudo do mal. Às vezes, pensamos que podemos esconder-lhe tantas coisas feias, mas, no final, elas virão à luz. O Anjo está sempre ao nosso lado como um amigo que não vemos, mas sentimos; um amigo que, um dia, estará conosco no Céu, na alegria eterna: “Esse respeito e escuta ao nosso companheiro de viagem se chama docilidade! Deus nos pede apenas para ouvi-lo e respeitá-lo. Só isso: escuta e respeito! O cristão deve ser dócil ao Espírito Santo. A docilidade ao Espírito Santo começa com a docilidade ao nosso companheiro”.

O Pontífice recordou que, no entanto, para sermos dóceis ao Espírito devemos ser pequenos, como as crianças, aquelas que Jesus diz ser “as maiores” no Reino do seu Pai. O Anjo da Guarda é esse companheiro de viagem que nos ensina a humildade. E concluiu: “Peçamos hoje ao Senhor a graça dessa docilidade de dar ouvidos a esse nosso companheiro de viagem, esse embaixador divino, que está ao nosso lado, em seu nome, que nos apoia e ajuda”. O Papa finalizou a Santa Missa lembrando o quanto Deus é bom, justo e nunca nos deixa sozinhos.

Fonte: Canção Nova

Deixe um comentÁrio

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Scroll To Top
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com